Alegrai-vos comigo

E achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida. (Lc 15:9)

É bem simples. Uma mulher tinha dez dracmas e perdeu uma, procurou por todos os lugares, revirou a casa, varreu cada cantinho até que a reencontrou.

Encontrando o que tinha perdido convidou as amigas para alegrar-se com ela, pois tinha encontrado sua dracma. Parece algo bobo e despretencioso? Mas não é como parece. Um dracma correspondia a um dia de trabalho, perder o salário de um dia de trabalho não é pouca coisa. Mulheres casadas não recebiam salários, cuidavam da casa enquanto seus maridos providenciavam o sustento, logo pode ser que seja solteira fora da casa dos pais ou viúva, duas situações de pobreza e exclusão, neste caso a dracma fica mais valiosa ainda. Entendo o empenho desta mulher por encontrar sua dracma.

Mas não quero falar de dracmas, quero falar da alegria. Quantas coisas lutamos para alcançar? Quantas vezes empreendemos nossas forças para conquistar algo? Pedimos a Deus, vamos em busca, e finalmente quando conseguimos experimentamos uma grande alegria. Alcançar um objetivo é sempre motivo de grande alegria. Passar no vestibular, concluir um curso, comprar um carro, conseguir um bom emprego, conquistar o amor da sua vida, vitórias alcançadas nos trazem alegrias. Mesmo quando não somos nós a lutar, mas alguém que nos represente, observem a alegria dos torcedores.

Alegrar-se com a vitória é natural e alimenta a alma. Especial é o que nasce desta alegria. A mulher correu e chamou suas amigas a se alegrarem com ela. Quando a alegria transborda e alcança os que estão em volta ela cumpre sua missão, espalhar-se. Alegria é pra ser espalhada. Alegria que redunda numa provocação, rixa, humilhação contra o outro, não é alegria, é prazer pérfido e doentio. A verdadeira alegria quer ser comunicada, quem se alegra de verdade quer que os outros também se alegrem. Não fica com a festa para si, mas deseja que todos participem.

Aquele que encontra a verdadeira alegria não consegue contê-la em si, deseja que todos ao seu redor a experimentem. Não se trata de simplesmente mostrar que está alegre, mas oferecer desta alegria aos que dela precisam. Encontrei minha dracma e não me basta estar alegre com isto, tenho tanta certeza do bem desta alegria que quero que você alegre-se também. Quem tem um partido, um time do coração, uma religião, quer sempre que seus amigos passem pro seu lado. Eu tenho alegria em Deus, quero que vc alegre-se também.

Anúncios
Categorias: Meditação | Tags: , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: